True

Papa sobre abusos na França: é o momento da vergonha, minha e nossa
O Papa expressou sua proximidade com as vítimas da pedofilia na Igreja na França, à luz dos "números consideráveis" apresentados na terça-feira (05/10)
6 outubro, 2021 por
Papa sobre abusos na França: é o momento da vergonha, minha e nossa
Micheli Ferreira
Nenhum Comentário Ainda

Após a catequese, em sua saudação aos peregrinos francófonos presentes na audiência geral, o Papa expressou sua proximidade com as vítimas da pedofilia na Igreja na França, à luz dos "números consideráveis" apresentados na terça-feira (05/10) no Relatório da Comissão encarregada pelos bispos e religiosos franceses. Nas palavras de Francisco, tristeza e dor, mas também encorajamento para fazer todos os esforços a fim de garantir que tais dramas não se repitam e que a Igreja seja uma casa segura.

A "terrível realidade" dos abusos na esfera eclesiástica continua entristecendo profundamente o Papa. Durante a audiência geral desta quarta-feira (06/10), Francisco lembrou as feridas profundas que estão no centro do Relatório da Comissão independente sobre abusos sexuais na Igreja na França, encarregada de avaliar a extensão do fenômeno da violência sexual contra menores desde 1950. O documento, divulgado na terça-feira (05/10) e encomendado pela Conferência episcopal e pela Conferência dos religiosos e religiosas francesas, revela dados dramáticos: entre 1950 e 2020, há pelo menos 216 mil vítimas e entre 2.900 e 3.200 sacerdotes e religiosos envolvidos em crimes de pedofilia.


"A ti, Senhor, a glória, a nós a vergonha"

Saudando os fiéis de língua francesa no final de sua catequese na Sala Paulo VI, no Vaticano, o pensamento de Francisco voltou-se para as vítimas e para a Igreja na França:

Desejo expressar às vítimas minha tristeza e meu pesar pelos traumas sofridos e minha vergonha, nossa vergonha, pela demasiada longa incapacidade da Igreja em colocá-las no centro de suas preocupações, assegurando-lhes minhas orações. Rezo e todos nós rezamos juntos: "A ti, Senhor, a glória, a nós a vergonha": este é o momento da vergonha. Encorajo os bispos e vocês, queridos irmãos que vieram aqui para compartilhar este momento, encorajo os bispos e superiores religiosos a continuarem fazendo todos os esforços para garantir que dramas semelhantes não se repitam. Expresso aos sacerdotes da França proximidade e apoio paternal diante desta provação, que é dura, mas saudável, e convido os católicos franceses a assumirem suas responsabilidades para garantir que a Igreja seja uma casa segura para todos.

Com informações de Vatican News
Papa sobre abusos na França: é o momento da vergonha, minha e nossa
Micheli Ferreira
6 outubro, 2021
Compartilhar
Arquivo
Entrar deixar um comentário

Whatsapp Paróquias

Olá, bem-vindo(a) a Revista Paróquias! Escolha um dos nossos atendentes. Mensagens fora do horário marcado serão respondidas quando retornar.