True

Saiba da importância dos convênios organizacionais na paróquia
Os convênios são benefícios oferecidos aos funcionários de uma organização que tem objetivo oferecer melhores condições de trabalho
21 junho, 2021 por
Saiba da importância dos convênios organizacionais na paróquia
Micheli Ferreira
Nenhum Comentário Ainda

Seguindo a premissa de que convênios são acordos firmados entre órgãos públicos ou com privados para realização de atividade de interesse comum dos participantes. Pode-se verificar que de acordo com os cânones 520, § 2º, 681 § 2º, 271, § 1º, e os previstos no cân. 296, tais convênios envolvem em contrapartida o econômico-financeira, que interessa direto à contabilidade. Nesse contexto, são importantes tais convênios, como (médicos, previdência privada) para suprir o sustento do clero, para uma vida digna e com segurança para quando chegar à idade, porém para isso a contrapartida envolve organização, controle contábil e transparência. Nesse tema, orientar o administrador religioso a manter esse tipo de controle administrativo e seus benefícios.

Então, esse artigo requer informações e análise do que é organizar, controlar o patrimônio e o resultado do período contendo a presença de benefícios oferecidos à equipe de trabalho da paróquia e para tratar dessa tarefa será considerado conceitos e informações sobre organização, contabilidade e benefícios.

Organização e acompanhamento

Partindo do consenso entre os diversos autores de que organização é a união de pessoas, ideias, ideologias, e recursos para atingir objetivos. Parece representar o meio entre os recursos limitados e a necessidade ilimitada da sociedade. Manter atualizada a relação dos fatores de produção como, recursos naturais, pessoas, capital, tecnologia e a capacidade empresarial. O desafio está no fato de que é necessário registrar qualquer alteração ocorrida, como compras, contratos, baixas e principalmente resultados alcançados. Possuir um software que contenha sistema gerencial que permita a agilidade das informações se faz necessário e se possível em nuvem de forma a permitir acesso em qualquer local do país pelo celular.

De posse dos registros atualizados acompanhar. Quem? Como? Com quê? O quê? Por quê? Fará toda a diferença para o gestor paroquial à medida que adquire o hábito de gerenciar as informações e utilizá-la para sua tomada de decisão.

Quem são eles?

O “quem” representa o conjunto de pessoas necessárias para a execução de uma atividade. O “como” é a estratégia, é o caminho e maneira de fazer as coisas. O “o quê” é o conjunto de recursos materiais (incluindo financeiros): equipamentos, máquinas, valores escriturais, créditos e valores. O “por quê” define as ações humanas administrativa: como vontade de crescer, percepção das necessidades do mercado, atitudes de planejar, realizar e de poder além da missão, visão, crenças, valores, princípios, segundo MEIRELES, 2003, p. 46).

É um desafio para o gestor paroquial que além de exercer a sua função eclesial precisará de uma formação gerencial para analisar a organização que lhe é confiado além de liderar pessoas para os resultados planejados e atividades necessárias às operações da paróquia e comunidade. Importante ressaltar que a organização é visualizada pelos relatórios contábeis que contém o valor do patrimônio e a ciência que tem por objeto este estudo é a contabilidade, mas o que é contabilidade?

Recomendações contábeis

Conforme a religiosa DELAMÉA, “contabilidade é uma ciência, e como tal possui objeto próprio: o patrimônio da entidade”. Patrimônio é formado pelo conjunto de bens, direitos, obrigações e o resultado das operações. Nos relatórios contábeis são representados pelo Ativo, Passivo, Patrimônio Líquido, Receitas, Custos e Despesas e são visualizados em relatórios financeiros chamados de Balanço Patrimonial e Demonstrativo do Resultado de Exercício que são elaborados e gerados pela atividade de contabilidade.

visão financeira e contábil decorre dos fatos ocorridos dentro da instituição em determinado período, geralmente mensal que são identificados e registrados no livro diário e razão através do método da partida dobrada que quer dizer: para cada débito deve existir um crédito correspondente. Todos os registros obedecem aos princípios da entidade, continuidade, custo base de valor, realização, confrontação, denominador comum monetário, objetividade, conservadorismo, relevância ou materialidade, uniformidade ou consistência e um elemento importantíssimo neste processo contábil é a satisfação da equipe de trabalho e dentre as várias possibilidade uma delas são os convênios que oferecem benefícios as pessoas que pertencem a organização, mas o que são convênios?

Convênios

Segundo o site da Receita Federal, convênio é uma forma de ajustamento entre partícipes para a realização de interesse comum, mediante mútua colaboração. Relaciona-se ao Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica – CNPJ. Consiste em compartilhar cadastros e informações fiscais com as administrações tributárias dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, inclusive suas autarquias, órgãos e entidades da administração pública federal e órgãos de registro de entidades, bem como permitir que os referidos parceiros possam praticar atos de cadastro no CNPJ. Essa parceria entre órgãos e entidades públicas tem como principal objetivo a melhoria do atendimento ao cidadão, mediante a simplificação dos diversos procedimentos que envolvem a abertura, o funcionamento e o fechamento de empresas e negócios. O portal de planos informa que o convênio médico é um serviço oferecido por empresas privadas, com a intenção de prestar atendimento médico e hospitalar ao conveniado. Existem 2 tipos de convênios:

Empresarial: oferecido ao funcionário de uma empresa que tem parceria com uma operadora de planos de saúde.

Pessoa física/familiar: é a existência da possibilidade de contratação de um convênio sem fazer parte da organização. É o mesmo que convênio médico pessoa física (individual ou familiar).

Portanto, os convênios são benefícios oferecidos aos funcionários de uma organização que tem por objetivo oferecer melhores condições de trabalho.

Estude e coloque em prática!

O tema deste artigo é extenso e profundo, portanto os conceitos apresentados são para orientar o leitor sobre as informações sobre o que é uma organização sua contabilidade e convênios contendo a presença de benefícios oferecidos à equipe de trabalho. Aconselhamos que o leitor aprofunde seus estudos, nestes temas, que são importantíssimos na condução de suas reuniões com o Conselho Econômico, contador da Mitra ou da Paróquia interessados pela vida comunitária da Paróquia. Inicie pela análise junto ao relatório dos fatores de produção, caso não tenha, fica a sugestão. Caso haja necessidade de novos convênios, reúna com o contador, Conselho Econômico e pessoas envolvidas e analise as propostas identificadas de modo a criar condições favoráveis ao bom ambiente de trabalho para alcançar os resultados desejados.

Francisco Antônio Maciel Novaes é Graduado em Ciências Contábeis e Administração de Empresas. Especialista em Administração Financeira, Administração Pública e Gerência de Cidades. Mestre em Desenvolvimento Humano: Políticas e Formação.

 

Saiba da importância dos convênios organizacionais na paróquia
Micheli Ferreira
21 junho, 2021
Compartilhar
Arquivo
Entrar deixar um comentário

Whatsapp Paróquias

Olá, bem-vindo(a) a Revista Paróquias! Escolha um dos nossos atendentes. Mensagens fora do horário marcado serão respondidas quando retornar.